O deputado estadual Queiroz Filho (PDT) desdenhou das cobranças feitas pelo deputado soldado Noélio e pela deputada Dra. Silvana que pediram investigação rigorosa do vazamento do áudio de uma conversa do colega Bruno Gonçalves com o suplente de vereador Maninho. O diálogo revela esquema para reeleição da vereadora Marta Gonçalves, mãe de Bruno, à Câmara Municipal de Fortaleza.
Queiroz definiu a cobrança de Noélio e Silvana como política com ‘p’ pequeno e chamou de injustiça contra o prefeito Roberto Cláudio (PDT) a tentativa de atingí-lo com as revelações surgidas no diálogo de Bruno Gonçalves com o suplente Maninho. Queiroz, também, lamentou que, ao invés do tempo ser usado para discutir problemas de interesse da população, estava sendo ocupado com um tema que interessa a poucos.
Durante a conversa gravada, Bruno cita o prefeito Roberto Cláudio para avançar com a montagem da chapa do PL à Câmara de Vereadores. Queiroz chamou as notícias sobre o assunto de fake News, lamentou a execração de muitas pessoas alvo de denúncias e condenou as ações da curriola comandada pelo capitão Wagner, que é pré-candidato do PROS à Prefeitura de Fortaleza.
(*)com informação da A.I

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib