O deputado estadual Bruno Gonçalves (PL) tem recebido conselhos de aliados políticos para romper o silêncio e falar sobre a gravação da conversa que manteve com o suplente de vereador Maninho.
O caso ganhou proporções imprevisíveis. Entre os correligionários políticos consideram, porém, que o parlamentar deve manter o silêncio e, se necessário, falar apenas no Ministério Público Eleitoral.
Há expectativa para um possível pronunciamento de Bruno Gonçalves, na sessão presencial, nesta quinta-feira (29), na Assembleia Legislativa, como conta, em participação no Jornal Alerta Geral, o repórter Carlos Silva.
Ceará agora 

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by Colorlib