Reunião discute utilização cíclica do Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti



O Prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, recebeu em seu gabinete, na manhã desta quarta-feira, 11, a equipe da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) e segmentos que utilizam o Parque de Exposição Pedro Felício Cavalcanti para uma reunião idealizada pela SDA para debater novas ideias, promovendo um alinhamento e estratégias para a concepção da feira regular de animais no município.

Segundo o gestor da SDA, De Assis Diniz, o propósito é tornar o espaço do Parque um equipamento multiuso, além dos serviços já ofertados aos agricultores, como na sede da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (EMATERCE), do Instituto Agropólos e eventos de grande porte como a Exposição Agropecuária do Crato (ExpoCrato).

O memorialista e Doutor Honoris Causa, Huberto Cabral, traçou um histórico cronológico sobre os eventos no Parque de Exposição, enfatizando a importância desses acontecimentos serem cíclicos.

Para o prefeito Zé Ailton Brasil, é de suma importância manter uma periodicidade de eventos de forma organizada. “O uso adequado e constante do Parque será bastante positivo para o município como um todo”, destacou.

Ficou acordado no encontro, uma data sugerida para o evento que seria 8 de novembro, com a proposta de ter periodicidade mensal, acontecendo durante todas as primeiras sextas-feiras do mês. Contudo, por conta da primeira sexta-feira de novembro ser véspera do Dia de Finados, a Feira do referido mês seria excepcionalmente realizada no dia 8.

Participaram da reunião, o Secretário Executivo de Planejamento da SDA, Zé Leite; o vereador Pedro Lobo; o técnico da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (ADAGRI), José Amorim; técnicos da SDA e representantes da EMATERCE; Universidade Regional do Cariri (URCA); Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); Câmara dos Diretores Lojistas (CDL); Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará (FAEC); Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bio-Região do Araripe (ACCOA); Associação dos Criadores do Cariri (ACC); Federação dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado do Ceará (FETRAECE); e do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais do Crato.