Pré-candidatura de Ronaldo da Madeireira pela Oposição preocupa lideranças de Lavras da Mangabeira

 

Por Paulo Sergio de Carvalho 
 

Seja pela instabilidade política do atual governo municipal lavrense ou pelo seu tempo de mandato (quase três anos), o fato é que, lideranças políticas já articulam as pré-candidaturas para a sucessão do atual prefeito que, embora ainda não admita, vai buscar a reeleição. 

 A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Zé de Naninha e Venancio Guerreiro, pessoas sorrindo, pessoas em pé
 

Com os problemas judiciais de alguns pretensos candidatos, aparentemente fora de cena, outros buscando retorno, outros nomes se anunciam como postulantes à cadeira de prefeito: o próprio Ildsser Alencar (MDB), Reinhard Dias (PSDB), Carlinhos Gomes (PR), Tavinho (PDT), e Ronaldo da Madeireira (PSB). 


 A imagem pode conter: 7 pessoas, incluindo Itamar da Aiuaba e Venancio Guerreiro, pessoas sorrindo, pessoas em pé e área interna

 
Ter muitos postulantes é importante para a democracia. Há um novo momento na política e um espaço aberto que precisa ser preenchido. 


 A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Zé de Naninha, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos
 

Mas, o que vem de fato tirando o "sono" de alguns políticos em Lavras da Mangabeira, de maneira particular, os que buscam ser protagonistas na sucessão municipal lavrense, é o galopar do nome de Ronaldo da Madeireira junto a população lavrense. Seu nome tem crescido, dado, ao um trabalho de "formiguinha" que o líder político tem feito.

Diferente dos demais pré-candidatos, Ronaldo da Madeireira nunca foi candidato político ao executivo, isso, o respalda, a uma rejeição quase imperceptível.


"O nome de Ronaldo cresce, porque não se tem o que dizer dele. Não se pode falar que ele é desonesto, que é corrupto, que é péssimo político, porque nunca exerceu nenhum cargo público", disse o Vereador Flávio Torquato.

"Acredito que passamos da hora de termos na gestão pública, um prefeito que administre o município, olhando para frente e buscando deixar de lado as picuinhas políticas tão peculiar no meio. Chega de prefeitos "políticos". Nossa Lavras não aguentam mais, nosso povo precisa de emprego, de dignidade e Ronaldo ao meu ver é o único que pode buscar isso, porque não é um político "encaretado". É o único que tem projeto para o desenvolvimento do município e isso será apresentado ao povo no momento oportuno", finaliza Torquato.

"No início não considerei (uma pré-candidatura), mas um bom número de amigos me procurando com conversa nesse sentido me fez cogitar a possibilidade. Nesse momento, passei a ouvir e conversar com as pessoas interessadas num governo de resultados positivos para a população, e decidimos lançar nossa pré-candidatura a sucessão municipal em Lavras em 2020", disse Ronaldo da Madeireira.
O político tem cobrado da Prefeitura mais responsabilidade no atendimento a população. 

À nossa reportagem, Ronaldo falou sobre a situação do município: "Estradas sem condições de tráfego; a saúde que deixa a desejar, pois os convênios com hospitais do cariri inexistem; transporte municipal escolar um caos sem esquecer que nosso comércio está num verdadeiro abandono", disse o pré-candidato.


"...todos os dias, sou procurado pela população em busca de uma ajuda, principalmente na saúde. Tento, ao meu modo, naquilo que posso, ajudar. Graças a Deus, tenho tido do governo do Estado através de Fernando Santana e Mauro Filho respaldo para que possamos minimizar esses problemas". finalizou Ronaldo.

Estilo mineiro, Ronaldo da Madeireira, com os pés no chão, alicerça a estrutura política que já lhe dar respaldo como pré-candidato hoje a sucessão municipal em Lavras da Mangabeira, oposição ao atual governo Ildsser, sendo o nome forte do Governo Estadual em Lavras/CE.

Sem filiação partidária e em conversas bem adiantadas para entrar no PSB, partido ligado aos Ferreira Gomes, bem como, ao Governo do Estado, Ronaldo se credencia para ser a opção da oposição no município em 2020.