Uruburetama está de luto, traumatizada", diz prefeito interino ao assumir a gestão



Artur Nery assumiu a Prefeitura interinamente nesta terça-feira, 16
Artur Nery assumiu a Prefeitura interinamente nesta terça-feira, 16(Foto: Nut Pereira/O POVO)
Empossado interinamente nesta terça-feira, 16, o agora prefeito de Uruburetama Artur Nery disse que não pretende promover uma "caça às bruxas" na administração municipal. “Uruburetama está de luto, traumatizada, a população (está) sofrida”, considerou. A posse ocorreu menos de 24 horas após o prefeito eleito José Hilson de Paiva ter sido afastado do cargo. Ele é acusado de estupros contra mulheres da Cidade.

Paiva fica afastado da Prefeitura por 90 dias, período no qual a Câmara vai investigar o caso e decidir se ele será cassado. “Claro que não vamos pensar em caça às bruxas, até porque sou amigo de quase todo mundo aqui. Agora, o exagero de cargos públicos e a folha muito acima do permitido por lei serão revistos. E colocar pessoas que possam trabalhar junto a mim, mesmo que interino, tenho que colocar pessoas de confiança”, projetou Nery.

Em entrevista ao O POVO Online, Nery comentou também sobre as denúncias feitas pelo prefeito afastado contra ele. O prefeito interino e seu filho, o vereador Alexandre Nery, são suspeitos de terem tentado extorquir Hilson. Segundo o prefeito afastado, o vice o pressionou a renunciar sob ameaça de divulgar vídeos e fotos nas quais o gestor aparecia cometendo abusos sexuais. O caso está relatado em boletim de ocorrência apresentado no 13º Distrito Policial, em Fortaleza.

“Eu sou inocente, ele não tem prova nenhuma contra mim. O processo correu à revelia e hoje em dia estou intimado, mas não tem prova, nunca fiz isso, a população me conhece”, disse. Nery alega que nem sequer tinha conhecimento dos vídeos envolvendo o Hilson, publicizados no último domingo, 14, pelo programa Fantástico, da TV Globo. “Ele quis gerar até provas contra mim em um momento muito difícil, quando minha esposa estava hospitalizada. Ele me telefonou para ir a casa dele, mas, na verdade, estava com fotógrafo para mostrar como se eu estivesse fazendo uma chantagem”, disse.
Com informações do repórter Nut Pereira, enviado a Uruburetama


o Povo